Como fazer pipoca doce – Melhor Receita

Curso Brigadeiro Gourmet

A pipoca é o alimento mais popular do mundo, elas tem alta quantidade de proteína e de sais minerais importantes para a nutrição, como o cálcio e o ferro. Os indícios de sua origem comprovam que o milho de pipoca foi domesticado no México a cerca de 9000 anos atrás. E alguns historiadores dizem que esse foi a primeira espécie de milho que os humanos tiveram contato. No continente norte americano, eram os antigos indígenas quem cultivavam o milho, antigamente chamado de “mahiz” e depois chamado de “maize” (maíz). O milho só foi passado aos ingleses quando estes chegaram à América por volta dos séculos XVI e XVII.

Acredita-se que os indígenas norte-americanos já tinham descoberto que os grãos de milho estouravam quando entravam em contato com o fogo ou com a areia quente. Mas foi nos Estados Unidos de que o milho estoura, foi registrada oficialmente no século 19. Quando o arado de disco foi introduzido nos EUA, o cultivo do milho difundiu-se por todo o continente, tornando este alimento muito popular entre as pessoas.

Como surgiu a Pipoca Doce?

Quando surgiram as primeiras pipoqueiras, a pipoca se popularizou muito rápido, passando a ser vendida em circos e feitas, mercados e quitandas. E foi com a chegada do cinema que a pipoca se popularizou ainda mais. Já a pipoca doce surgiu quando os EUA entraram na guerra, como o açúcar era enviado para eles de além-mar, os doces se tornaram bastante escassos. E como as receitas de pipoca doce eram feitas com apenas uma pequena quantidade de açúcar, e outros doces, os soldados passaram a consumir três vezes mais pipoca doce.

pipoca doce

Receitas de pipoca doce:

Pipoca Doce Tradicional Caramelizada

pipoca doce caramelo

Ingredientes:
1⁄2 Xícara ou 110g de milho de pipoca
1⁄2 Xícara ou 100g de água
1⁄2 Xícara ou 65g de óleo
1⁄2 Xícara ou 100g de açúcar

Modo de Preparo:
Na panela de pipoca adicione todos os ingredientes, e com uma colher de pau ou espátula, mexa bem. (fogo desligado)
Em fogo baixo, deixe o açúcar começar a caramelizar e reduzir a água. Interessante notar que nessa etapa a água se junta com o açúcar formando o caramelo e o óleo ca por cima de tudo, os dois não se misturam!
Tampe a panela e continue mexendo. (na tampinha da panela de pipo- ca)
Depois de aproximadamente 5 minutos os milhos vão começar a estourar, continue mexendo, e assim que não ouvir mais estouros, desligue a panela. Mexendo a todo momento, para que o caramelo não queime.
Assim que esfriar, desgrude as pipocas uma das outras para que elas quem bem soltinhas.
Observe que a pipoca cará com uma camada na de caramelo, bem na mesmo! Se for começar a recheá-las em seguida transfira para um bowl ou tigela, se não, guarde em saquinhos bem fechados.

Pipoca Doce com Leite Ninho:

pipoca leite ninho

Ingredientes:
3 colheres (sopa) de milho de pipoca
3 colheres (sopa) de óleo
½ colher (sopa) de manteiga
100 ml de água
210g de açúcar branco refinado
3 colheres de leite em pó

Modo de preparo
Em uma panela estoure a pipoca junto com o óleo e reserve. Para preparar a calda de açúcar, basta acrescentar um pouco de açúcar em uma panela com água e ferver. não é necessário mexer, aguarde até à água ficar com um tom caramelizado. Desligue o fogão e jogue a calda por cima das pipocas prontas mexendo com uma colher de pau e mecha até as pipocas ficarem bem cobertas com a calda. Salpique o leite em pó por cima.

Pipoca Doce com laranja

pipoca laranja

Ingredientes:
½ xícara (chá) de milho de pipoca
3 colheres (sopa) de óleo
½ colher (sopa) de manteiga
suco de 3 laranjas
3 colheres de sopa de açúcar
Modo de preparo:
Estoure a pipoca normalmente junto com o óleo e reserve. Para a calda de laranja, coloque em uma panela o suco de 3 laranjas junto com o açúcar, em seguida acrescente o restante dos ingredientes e aguarde a fervura mexendo sempre. Após um tempo, a calda irá reduzir e apresentar uma consistência mais pegajosa. Este é o ponto, desligue o fogo e despeje sobre as pipocas, mexendo com uma colher de pau até cobrir bem.

Curso Biscoito Caseiro

Deixe seu comentário