Bicos de confeitar – Guia Completo

Curso Brigadeiro Gourmet

Alguns itens são indispensáveis na cozinha de quem trabalha com confeitaria: além da batedeira, formas e espátulas, se você quer oferecer bolos, cupcakes e doces de acabamento profissional, deve investir em bicos de confeitar.

Marcas de bico de confeitar

O mercado oferece uma grande variedade de modelos e com cada um deles é possível obter uma decoração diferente. São diversas marcas de bicos, sendo que cada uma classifica o modelo com nome ou numeração específica. As marcas mais famosas são a Wilton e a Mago, e para facilitar sua escolha, atente-se sempre ao formato de cada um.

Os bicos de confeitar podem ser de aço inox, que permite um resultado mais preciso e delicado, ou de plástico, com o qual a decoração fica um pouco menos caprichada, mais grosseira. Se bem cuidados, os bicos de aço inox duram por anos – lembre-se de guardá-los em pé e nunca embaixo de nenhum objeto, pois eles podem amassar.

Modelos de bicos de confeitar

bicos de confeitar

Bico Perlê: esse modelo tem a ponta redonda e é utilizado para escrever, fazer contornos, rendas, linhas, entrelaçados e pontinhos. Os de formato mais longilíneo são uma ótima escolha para rechear cupcakes e bombas.

Bico Pitanga Aberta e Pitanga Fechada: o mais tradicional e popular, esse modelo é um item que qualquer confeiteiro tem que ter, de preferência nos tamanhos grande e pequeno. Muito utilizado para decorar cupcakes e na confecção de estrelas e flores, o bico Pitanga possibilita resultados diversos dependendo da pressão feita no saco de confeitar e da posição em que ele for colocado.

Bico Folha: como o nome diz, esse modelo é utilizado para decorar o bolo, cupcake ou doce com folhas. O resultado depende da pressão e da posição do saco de confeitar. São muitas as possibilidades!

Bico Pétala: com esse modelo você pode criar lindas pétalas para compor flores como rosa, flor do campo e muito mais.

Bico Flores: para quem quer praticidade, existem bicos de confeitar que já criam flores inteiras, sem a necessidade de fazer pétala por pétala. Esses modelos são ideais para fazer flores pequenas e mais delicadas.

bicos confeitar

Bico Serra: o resultado é uma decoração serrilhada, muito utilizada na confecção de bolos que imitam uma cesta. Também são ótimos para reproduzir o visual de uma fita, já que um lado desse bico é liso.

Bico Babado: muito popular na confeitaria, esse bico é encontrado em diversos modelos, um para cada tipo de babado que o confeiteiro deseja criar. Muito utilizado para dar acabamento às laterais do bolo, especialmente em modelos de decoração clássica.

Bico Múltiplo e Chuveiro: se você deseja reproduzir o efeito da grama verdinha, essa é a escolha ideal. O modelo também é muito utilizado para imitar a textura de pelos de animais, cabelos, linas e cordas.

Para quem está começando sua carreira na confeitaria, esses são os modelos que devem fazer parte do kit, além de um adaptador, que serve para fixar o bico no saco de confeitar e evitar vazamento de glacê nas laterais. Compre aos poucos, começando pelos bicos Pitanga, Perlê e Babado. Com eles é possível alcançar inúmeros resultados e impressionar os clientes com uma decoração de acabamento profissional, depois de muito treino e dedicação. É importante dominar a intensidade da pressão que será feita no saco de confeitar e em que ângulo ele será posicionado para que o resultado saia como o esperado. Depois que você pegar o jeito, vai ver como é fácil deixar bolos e doces mais bonitos com os bicos de confeitar.

Os bicos de confeitar russos são a grande novidade em ferramentas de decoração de bolos e cupcakes. Eles tem vários furos na extremidade das pontas formando desenhos, para que assim possa se fazer flores completas com apenas uma aplicação.

O grande segredo para criar lindas flores com bicos russos é a receita de chantininho, pois ele tem que ser um glacê bem firme. Os bicos russos são maiores que os bicos de decorar comuns então, é melhor você usar um saco de confeitar maior.

Curso Biscoito Caseiro

One Response

  1. JULIA 1 de Janeiro de 2018

Deixe seu comentário