Arroz à Grega

Advertisement

Não é só nos buffets de self service que o arroz à grega faz sucesso. Ele também é um prato curinga de jantares de Natal, de Réveillon e de qualquer ocasião especial. Ou simples, também. Afinal, comida boa não precisa de data comemorativa.

receita arroz a grega

Arroz à grega é um prato muito prático. Pois, tradicionalmente, é composto de uvas passas e legumes cozidos. Mas ele também pode ser composto por carnes, como bacon, ovos, linguiça, salsicha e presunto.

Animou com a receita? Então, boa notícia! Nós detalhamos a receita abaixo e você pode surpreender amigos e familiares com um saboroso arroz à grega. Aventure-se em nossa receita e depois comente aqui o que achou, combinado?

O que você vai encontrar neste conteúdo

Receita de Arroz à Grega

Ingredientes:
1 colher de sopa de óleo ou azeite de oliva
2 xícaras de chá de arroz
4 xícaras de chá de água
Sal á gosto
2 Cenouras picadas em cubinhos
2 vagens picadas
1 cebola picada
1 Pimentão verde picado em cubinhos
50 gramas de Uva Passas
1 lata de Ervilha
1 lata de Milho Verde

Modo de preparo:
Primeiramente em uma panela coloque o óleo ou azeite e adicione a cebola picada com o tempero de sua preferência, como alho.

legumes cozidos

Logo em seguida adicione o arroz e o pimentão picado em cubos, a cenoura e a vagem. Se não for usar milho e ervilha enlatados, nesse momento você coloca eles.

Coloque então a água, mexa e deixe cozinhar por 20 minutos em média, até a água secar.

Para finalizar coloque a uva passas, o milho e a ervilha e misture bem.

Agora é só servir.

arroz a grega natal

Origem do Nome

Para vegetarianos, o arroz à grega pode ser composto também por abobrinha, berinjela ou cogumelo. Além disso, ele pode ser feito por arroz novo ou o famoso “resdontê”. Assim como também pode ser usado qualquer tipo de arroz: do branco ao integral.

Mas, o trivial é que ele possua legumes e as polêmicas uvas passas.

arroz a grega original

Apesar do nome pomposo, pasme! O arroz à grega não possui nada de grego. Pelo menos, até o momento, não se encontram registros do prato na Grécia.

Obviamente, isso não tira o charme do arroz. Pelo contrário: a receita reitera o nosso orgulho pela criatividade e originalidade da gastronomia brasileira.

O mais interessante do arroz à grega é que ele pode ser um coadjuvante ou o prato principal. Assim, ele pode ser acompanhado por bifes de carne, frango ou pernil. Farofa também é um ótimo acompanhamento.

Apesar de já ter legumes entre seus ingredientes, o arroz à grega também pode ser acompanhado por saladas de folhas e até por salada de maionese.

Advertisement

Você também pode gostar!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.